A arte de dizer “não” com educação: Como isso pode transformar sua vida

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Desenvolver a habilidade de negar compromissos de forma assertiva melhora a produtividade, preserva a saúde mental e fortalece a credibilidade profissional.

Por Lais Fiocchi

Reprodução

Dizer “não” é uma habilidade fundamental em várias áreas da vida, especialmente no ambiente de trabalho. “Saber negar pedidos ou propostas nos ajuda a gerenciar melhor o tempo, evita compromissos impossíveis de cumprir e protege nossa saúde mental”, explica Fernanda de Morais, Mentora de Posicionamento de Carreira. “A importância dessa prática vai além da simples recusa. Trata-se de uma ferramenta crucial para manter a qualidade do trabalho e o bem-estar”.

De acordo com a especialista, a diferença entre ser assertivo e ser rude ao dizer “não” é significativa. Ela indica que negar algo não precisa ser feito de maneira autoritária ou ríspida, e utilizar recursos da comunicação, como um tom de voz adequado, um olhar amistoso e uma escolha cuidadosa das palavras, pode fazer toda a diferença.

“Por exemplo, se um líder pede a um subordinado que faça hora extra, o funcionário não precisa se sentir obrigado a dizer sim nem ser grosseiro com uma resposta negativa. Uma comunicação assertiva seria dizer: “Hoje não poderei ficar porque já tinha me comprometido com um evento, mas amanhã posso chegar mais cedo para realizar essa tarefa”.

É possível evitar conflitos ao dizer “não” de forma educada com controle emocional, sem levar as situações para o lado pessoal e analisando os fatos. “A recusa educada pode ser vista como um sinal de alguém que sabe se posicionar e que respeita os compromissos acordados”, ressalta Fernanda.

“Aprender a dizer “não” pode trazer mudanças significativas na vida pessoal e profissional. Proteger-se contra a sobrecarga de trabalho, aumentar a produtividade e construir uma imagem de credibilidade são apenas alguns dos benefícios. Warren Buffett, um dos mais bem-sucedidos investidores do mundo, afirma que “a diferença entre pessoas comuns e pessoas bem-sucedidas é o fato de que os indivíduos de sucesso dizem ‘não’ para quase tudo”, conta a especialista.

Portanto, cultivar a habilidade de dizer “não” de maneira educada e assertiva pode ser um diferencial importante na busca pelo equilíbrio e sucesso em todas as áreas da vida.

Veja também

Ouvir é mais importante do que falar

Blog do Eloilton Cajuhy No vasto campo da comunicação humana, onde palavras são nossas ferramentas e pontes, existe um ditado popular que