PF investiga fazendeiros que permitiam extração de quartzo verde sem licença ambiental por garimpeiros; ação acontece em Jaguarari e Campo Formoso

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Mineral era exportado para a China, através do Porto de Salvador, em contêineres.

Por g1 BA

PF investiga fazendeiros que permitiam extração de quartzo verde sem licença ambiental por garimpeiros na Bahia — Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal investiga um grupo suspeito de praticar crimes de mineração ilegal, usurpação de bens da União, porte ilegal de explosivos e associação criminosa armada, com garimpeiros em três cidades do norte da Bahia.

Segundo informações da PF, desde as primeiras horas desta quarta-feira (17), mais de 70 policiais cumprem mandados de prisão preventiva, de prisão internacional (INTERPOL) e de busca e apreensão. Veja abaixo os municípios em que ocorrem as ações:

  • Salvador, na Bahia;
  • Campo Formoso, na Bahia;
  • Jaguarari, na Bahia;
  • Oliveira dos Brejinhos, na Bahia;
  • Petrolina, em Pernambuco.

Ainda não há informações sobre prisões até a última atualização desta reportagem.

PF investiga fazendeiros que permitiam extração de quartzo verde sem licença ambiental por garimpeiros na Bahia — Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal informou que as investigações revelaram que os proprietários de uma fazenda em Jaguarari, no norte da Bahia, local com diversos pontos de garimpo, organizavam e permitiam a extração de quartzo verde na propriedade rural por garimpeiros da região, sem qualquer autorização da Agência Nacional de Mineração (ANM) ou licença ambiental, mediante o pagamento de valores.

Em seguida, o mineral era exportado para a China, através do Porto de Salvador, em contêineres.

A PF informou que os investigados responderão pelos crimes de mineração ilegal, usurpação de bens da União, porte ilegal de explosivos e associação criminosa armada cujas penas, somadas, ultrapassam 15 anos de prisão.

Veja também

Luto: Morre D. Iracema Peixinho

Blog do Eloilton Cajuhy Morreu nesta quarta-feira, 17 de abril, Dona Iracema Sampaio de Almeida Peixinho. Familiares informam que o velório vai