Novo 10 do Bahia, Everton Ribeiro destaca projeto ambicioso e aponta papel de Ceni na escolha

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Apresentado, meia diz que chega para buscar títulos: “Bahia veio para se encaixar na parte de cima da tabela”.

Por Rafael Teles/ge — Salvador

Divulgação / Esporte Clube Bahia

Aos 34 anos, o meia Everton Ribeiro chega ao Bahia nos braços da torcida e com status de grande contratação. Mas vai além disso. Multicampeão, o ex-jogador do Flamengo simboliza uma nova era no Tricolor, que fez questão de deixar uma mensagem no dia do anúncio da contratação: “já era hora de olhar pra cima”.

E o meia chega, de fato, faminto por conquistas, como deixou claro na entrevista coletiva de apresentação. “A minha ambição é do tamanho do Bahia, olhar para cima”, disse.

– Mostrar que o Bahia veio para se encaixar na parte de cima da tabela, brigar por coisas grandes. É pensar grande, em surpreender.. (…) Me apresentaram um projeto muito ambicioso, de uma grandeza enorme. O que me motiva são novos desafios, buscar títulos, buscar fazer história – completou o jogador.

Divulgação / Esporte Clube Bahia

Outro fator importante para Everton assinar contrato com o Bahia foi o técnico Rogério Ceni. Os dois trabalharam juntos no Flamengo, em 2020/21, quando conquistaram Campeonato Brasileiro, Supercopa do Brasil e Campeonato Carioca. Ceni, inclusive, já se declarou um entusiasta do estilo do jogador.

– Quando ele me ligou, um cara que admiro, toda a conversa que a gente teve, projetando onde eu poderia jogar, como poderia ser a equipe…é um cara visionário, que pensa na frente, e é muito ambicioso. Ele está pronto para fazer o Bahia ser ainda maior do que é.

Everton Ribeiro foi apresentado por Cadu Santoro, diretor de futebol do Bahia. O dirigente destacou que a chegada do agora camisa 10 tricolor mostra as pretensões do clube para os próximos anos.

– Hoje, para a gente, é um dia muito especial. Começamos a conversa nas últimas semanas. Everton sempre foi um pessoa disposta a entender o projeto. Dentro das conversas, explicamos o projeto, esse primeiro ano de transição, o que pretendemos fazer com o clube. Quando um atleta do tamanho de Everton aceita esse desafio, mostra o que queremos para os próximos anos. Não tenho dúvida que vamos trabalhar juntos para continuar crescendo e colocar o Bahia onde ele deve estar.

Divulgação / Esporte Clube Bahia

Everton Ribeiro assinou contrato com o Bahia até o fim de 2025. Para ficar com o meia, que não entrou em acordo com o Flamengo por renovação, o Tricolor precisou vencer disputa com o Internacional. Pesou para o acerto com o clube baiano o projeto oferecido, com dois anos de contrato, ganho salarial e ainda a oportunidade de ser embaixador do Grupo City ao se aposentar.

Apesar de ter o futuro fora de campo encaminhado, o novo camisa dez do Bahia garantiu que ainda não pensa em pendurar as chuteiras.

– Foi uma parte do que a gente conversa, que em um pós-carreira poderia pensar em seguir no Grupo. Mas ainda está longe [risos]. Venho para jogar, para vencer. É o que mais me motivou para estar aqui. Acredito que vai ser um ano muito positivo.

Veja também

Luto: Morre D. Iracema Peixinho

Blog do Eloilton Cajuhy Morreu nesta quarta-feira, 17 de abril, Dona Iracema Sampaio de Almeida Peixinho. Familiares informam que o velório vai