Mulheres são beneficiadas com a cadeia produtiva dos festejos juninos em Senhor do Bonfim

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Foto: Adriana Ituassu/Ascom SPM

É impossível pensar em festejos juninos sem imaginar as comidas típicas que fazem desta época tão especial. Mais que responsáveis pelas receitas e pelo preparo, as mulheres estão assumindo cada vez mais o protagonismo neste período com a comercialização de diversos produtos da Agricultura Familiar, a exemplo da mandioca e do café, além do artesanato e da oferta de serviços como penteados e maquiagem.

A Secretaria das Mulheres do Estado (SPM), em parceria com diferentes órgãos estaduais e com os municípios, apoia e promove feiras e espaços voltados para o empreendedorismo feminino, em Salvador, Senhor do Bonfim e Juazeiro, para que elas se beneficiem economicamente da cadeia produtiva do São João e do São Pedro.

Em Senhor do Bonfim, cidade com uma das mais tradicionais festas do interior, 140 mulheres estão participando da 16ª Feira da Agricultura Familiar do Território de Identidade do Piemonte Norte do Itapicuru. A chefe de gabinete da SPM, Aldinha Sena, que representou a secretária das Mulheres, Elisangela Araújo, na abertura, nesta sexta-feira (21), destacou que o impacto do engajamento das mulheres na atividade vai além da questão financeira.

“Por meio da Plataforma Elas à Frente, nós desenvolvemos na SPM programas e projetos voltados para a autonomia econômica e inclusão socioprodutiva das mulheres no mundo do trabalho. Esta feira é uma ação concreta desta política que empodera tantas mulheres e possibilita que elas possam ganhar seu próprio dinheiro. São inúmeros os benefícios disso, desde o aumento da renda familiar até a melhoria da autoestima das mulheres”, afirmou Aldinha.

Foto: Adriana Ituassu/Ascom SPM

Ritinha Pereira, da organização da feira em Senhor do Bonfim, destacou a expressiva participação feminina no evento. “Temos aqui mulheres de Senhor do Bonfim e de todo o território e uma parceria muito grande com o Governo do Estado, através da SPM. Esta feira vem, realmente, para valorizar ainda mais as mulheres, para que possam produzir com qualidade e, ao mesmo tempo, gerar renda de forma sustentável e solidária”, enfatizou.

Marisa Martins, presidente do Sindicado da Agricultura Familiar de Senhor do Bonfim, falou que a feira é um momento muito esperado pelas mulheres de todo o território e destacou o apoio do Governo do Estado. “Eu agradeço a Secretaria das Mulheres do Estado e todos aqueles que apoiam as mulheres da agricultura familiar de todo o nosso território”, comentou.

Mirian Cursino é outra empreendedora do evento, que comercializa esculturas em pedra e peças de crochê e falou sobre esse momento. “Estamos aqui mais uma vez para prestigiar a feira, que é uma parceria maravilhosa e uma oportunidade para que eu possa apresentar os meus produtos”, comemorou.

ASCOM SPM

Veja também

Ouvir é mais importante do que falar

Blog do Eloilton Cajuhy No vasto campo da comunicação humana, onde palavras são nossas ferramentas e pontes, existe um ditado popular que