Juca de Oliveira, o ‘Doutor Albieri’ de O Clone, faz 88 anos nesta quinta-feira (16)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Wikipédia

José Juca de Oliveira Santos nasceu em São Roque-SP, no dia 16 de março de 1935. Mais conhecido como Juca de Oliveira, é ator, diretor, escritor e dramaturgo brasileiro. Juca se tornou conhecido por interpretar personagens que marcaram a dramaturgia, como João Gibão de Saramandaia, Professor Praxedes de Fera Ferida, Doutor Albieri de O Clone e Santiago de Avenida Brasil.

Biografia

Entrou na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Fez também um teste vocacional, em que ficou sabendo que sua inclinação era ser ator. Aquilo o empolgou tanto, que ficou sabendo da existência da Escola de Arte Dramática de São Paulo e nela ingressou. Mas, foi apenas mais tarde que ele desistiu de Direito para se dedicar à profissão de ator. Conheceu ali Aracy Balabanian, Glória Menezes e vários outros, que seguiram com ele a profissão que escolheram.

Carreira

Ingressou no famoso Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), onde fez inúmeras peças, como: “O Semente”, “O Pagador de Promessas” e “A Morte do Caixeiro Viajante”. Passou para o revolucionário Teatro de Arena onde trabalhou com Augusto Boal, Flávio Império e Paulo José, e ali fez: “Eles não Usam Black-tie”, “O filho do cão”, de Gianfrancesco Guarnieri, entre outras.

Passou para a Rede Globo, onde recebeu consagração nacional como um dos maiores atores do País. Porém, jamais deixou de fazer teatro, sua grande paixão. Na televisão deu vida a personagens célebres, como o misterioso João Gibão em Saramandaia. Em 2001, Juca de Oliveira trabalhou na novela O Clone que falou sobre a Clonagem um tema muito importante. Ele interpretou o médico Doutor Augusto Albieri, que é o mais importante da carreira dele na Televisão.

Em 2012, ganhou grande destaque em novelas como o cruel vilão Santiago Moreira, que parecia bem intencionado no início da trama ao ponto que a máscara caiu e ao fim todos descobriram que ele era o pai e mentor da vilã Carminha (Adriana Esteves) na novela Avenida Brasil de João Emanuel Carneiro.

Veja também

Copa Ciganão volta em alto estilo

Três jogos fizeram a alegria do torcedor neste domingo (25) no Alto do Cigano. Blog do Eloilton Cajuhy Após o recesso do