Dia da Consciência Negra: Conheça o ator Mário Gusmão, primeiro negro formado na Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Por Museu da TV

Foto: Maria Sampaio

Mário Gusmão nasceu na cidade de Cachoeira, na Bahia, em 20 de janeiro de 1928.

Por 23 anos, foi funcionário de Penitenciária Lemos Brito, mas como tinha desejos artísticos, matriculou-se na Escola de Teatro da Universidade Federal de Bahia, onde se formou em 1960. Nos anos 1950, Mário Gusmão matriculou-se na Escola de Teatro da UFBA, o que foi uma ousadia, pois ele foi o primeiro negro a fazê-lo. E mais: no teste para entrar, não apenas representou, como dançou.

A partir de 1958, foi marcante sua atuação nos palcos, atuando em “Almanjara”; “Graça e Desgraça da Casa do Engole Cabra”; ”Cachorro Dorme Nas Cinzas”; “O Moço Bom e Obediente”; “O Auto da Compadecida”; “Ópera dos Três Tostões”; “Chapetuba Futebol Clube”; “Eles Não Usam Black Tié”; “Estórias de Gil Vicente”; “A Ilha do Tesouro”; “A História de Tobias”; “Saraa”; “A Prostituta Respeitosa”; ”O Noviço”, e “Banquete dos Mendigos”.

No Cinema, Mário Gusmão estreou sob a direção de Glauber Rocha em “Deus e o Diabo na Terra do Sol” e voltou em “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro”, além de participar de “Pindorama”; “Dona Flor e Seus Dois Maridos”; “A Idade da Terra”; “Chico Rei”, e “Jubiabá”.

Ele também atuou em muitos espetáculos musicais, compôs inúmeras músicas e foi um ícone do movimento negro na Bahia e no Brasil.

Foto: Maria Sampaio

Na Televisão, Mário participou da novela “Maria, Maria” e das minisséries “Tenda dos Milagres”; “O Pagador de Promessas”, e “Tereza Batista”, na TV Globo, e também atuou na TV Manchete na novela “Dona Beija” e na minissérie “Mãe de Santo”. Em 1984, foi agraciado com o título de Cidadão de Salvador.

Mário Gusmão faleceu em 20 de novembro de 1996, no Dia Nacional da Consciência Negra, e estava com 68 anos de idade. Sua morte foi em consequência de um câncer generalizado.

Veja também

Agradeça

Blog do Eloilton Cajuhy A vida, sua família, momentos do seu cotidiano. Seja grato aos aprendizados, por suas conquistas e tudo aquilo