Coisas do São João de Bonfim: Dominguinhos toca pra Geleia na Praça Nova

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

O mestre demonstrou toda sua humildade ao tocar para o guarda municipal que tinha como sonho ser cantor.

Blog do Eloilton Cajuhy

Foto: Reprodução do vídeo de Nivaldo Oliveira

O ano foi 1986. O São João de Senhor do Bonfim era realizado na Praça Nova do Congresso, que era chamada de Arraial da Tapera durante o mês de junho.

Na cidade, uma figura se tornou muito popular: o guarda municipal Geleia construiu uma popularidade muito grande ao andar pelas ruas e praças carregando um aparelho de som portátil executando suas músicas. Era seu grande sonho ser cantor.

Começou o São João e todas as atenções se voltavam para a maior festa do povo bonfinense. No espaço Gonzagão do Arraial da Tapera grandes artistas da musica se revezavam em apresentações inesquecíveis.

Eis que na noite de Dominguinhos algo inesperado aconteceu. Segundo postagem da página Minha Cidade, Dominguinhos fazia um show histórico na noite do dia 23 de junho, até que o prefeito Cândido Augusto Martins e o presidente da Câmara de Vereadores, João Rodrigues, fizeram um pedido inusitado: queriam ver Dominguinhos tocando junto com o cantor bonfinense Geleia.

E, acredite, ele topou na hora! Demonstrando toda sua generosidade, um dos maiores sanfoneiros da história acompanhou Geleia no palco do melhor São João da Bahia.

Como diz Alex Barbosa, “é, meus amigos, tem coisas que só acontecem em Bonfim!”

Veja também

Invejar é fácil!

Blog do Eloilton Cajuhy Qualquer um pode jogar as próprias frustrações sobre uma pessoa que aparenta ter a vida ideal. É muito