A última viagem de ‘Seu Almiro’

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Blog do Eloilton Cajuhy

Foto: Arquivo da família

Após uma vida inteira dedicada ao volante, no último dia 13 de julho, Seu Almiro fez sua última viagem. Aquela que não tem volta, mas que, pessoas como ele, deixam para traz um história construída com muito sacrifício, e prazer pelos desafios superados.

Almiro Pedro dos Santos, 66 anos, faleceu após um AVC, ocorrido em 2011, e outras comorbidades que lhe impediram de continuar fazendo o que mais gostava: estar diante do volante, seja levando pessoas ou mercadorias, com muita alegria e prazer de servir com a profissão que escolheu. “Fala alta, sorriso largo, um contador de histórias, querido em qualquer lugar que passava. Onde chegava, ninguém ficava sem sorrir”, diz emocionada a filha Adliany Rodrigues, psicóloga.

Seu Almiro deixa 5 filhos. “De uma moral incontestável, tudo com ele tinha que ser correto. Não conhecia o meio – com ele, ou era ou não era”, cita Adliany. Motorista de um profissionalismo invejável, passou pelas empresas Tiquara, São Luiz, Bonfim Tur, Gontijo, Renan Tur e Igaratur.

Durante quase doze anos de acamado, Almiro Pedro dos Santos adorava ouvir rádio. À noite questionava a família se todos sabiam do que estava acontecendo no mundo. Manteve-se lúcido e com a esperança de um dia voltar a dirigir. Ele queria mais dirigir, do que caminhar.

Provavelmente, nesta última viagem, se o Seu Almiro pudesse levaria na bagagem a marca de valores muito bem estabelecidos, uma conduta impecável e a noção de respeito que marcou sua trajetória, junto à sua honestidade.

“Nos deixou plantando em nós a maior das saudades, mas também o maior orgulho do mundo”, finaliza Adliany Rodrigues.

Veja também

Agradeça

Blog do Eloilton Cajuhy A vida, sua família, momentos do seu cotidiano. Seja grato aos aprendizados, por suas conquistas e tudo aquilo