Senado pode votar a oferta de internet para alunos e professores da rede pública

FONTE: Bruno Lourenço - Rádio Senado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Projeto determina que o governo federal destine 3 bilhões e meio de reais aos estados para essa finalidade
Foto: MCTIC/Divulgação

A proposta, já aprovada na Câmara dos Deputados, quer garantir o acesso à internet para todos os professores da rede pública, assim como para estudantes de famílias cadastradas nos programas sociais do Governo Federal e de comunidades indígenas e quilombolas.

Confúcio Moura, senador do MDB de Rondônia, que presidiu a comissão de acompanhamento das ações de enfrentamento à covid-19, considera que o Brasil tem que aproveitar as lições da pandemia para iniciar uma nova era, digital, na educação.

“Há uma necessidade de reconstruir os escombros da educação brasileira que já ia muito mal e agora refundar, refundar o modelo Educacional brasileiro na marra. Com urgência”, disse Confúcio.

O projeto determina que a União destine para os estados R$ 3,5 bilhões. O dinheiro deve ser aplicado, prioritariamente, em ações voltadas para alunos do ensino médio, do fundamental, para professores do ensino médio e do fundamental, nessa ordem. Metade dos recursos podem ser investidos na compra de computadores, tablets ou celulares que possibilitem o acesso à internet.

Veja também

Tudo vai passar

Todas as coisas, na Terra, passam. Os dias de dificuldades, passarão. Passarão também os dias de amargura e solidão. As dores e