Prefeitura de Jaguarari acredita na valorização da educação como forma concreta de transformação do futuro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari-BA

A Prefeitura de Jaguarari acredita que a educação é a base de uma sociedade esclarecida, desenvolvida e igualitária. Por essa razão, a administração municipal tem realizado diversos investimentos nessa área, visando proporcionar, tanto aos profissionais quantos para os alunos, condições ideais para uma aprendizagem de qualidade.

Esse fato tem causado grande incômodo nos opositores — adeptos do “quanto pior, melhor” —, que persistem na busca de instalar o caos no município. Dentre esses políticos avessos ao progresso, há vereadores que, visando confundir a população, utilizam do justo dever de fiscalizar as ações do Executivo para fazerem politicagem, criticando, de forma infundada, a reconstrução/remodelagem das escolas, mais especificamente a escola da comunidade de Lagoa das Antas, que há anos não recebem o zelo que merecem.

Como é de conhecimento público, o processo de licitação para contratação das empresas responsáveis pela revitalização das escolas municipais ocorreu na Câmara de Vereadores, em três sessões abertas ao público, quando cada vereador teve a oportunidade de acompanhar e fiscalizar o processo administrativo, que durou 3 meses, uma semana e 5 dias desde a publicação do edital até a data da homologação.

O procedimento licitatório obedeceu a todos os trâmites legais, estando garantido o acesso às informações da licitação a qualquer interessado. Logo, o vereador teve tempo hábil e inúmeras oportunidades para fiscalizar a licitação, no entanto, sem nunca ter solicitado o acesso ao projeto básico das revitalizações, prefere se manifestar somente após o início das obras, com o intuito de tentar manchar o trabalho sério e honesto da Prefeitura de Jaguarari na administração do prefeito Everton Rocha.

Consta que o orçamento das obras é fundamentado na tabela do Sistema Nacional de Preços e Índices para a Construção Civil (SINAPI) da Caixa Econômica Federal, principal sistema de tabelamento dos preços dos materiais de construção e do valor da mão de obra. Além disso, a execução do projeto básico está sendo fiscalizada pelo Ministério Público Federal, fatos que comprovam a probidade da administração pública municipal.

Conforme o memorial descritivo referente à escola de Lagoa das Antas, a previsão orçamentária garante um novo telhado de fibrocimento; forro de PVC em todos ambientes; revestimento em cerâmica nas paredes internas e externas, no banheiro e na copa; restauração do reboco e nova pintura; nome da escola em letras de alumínio; demolição de todo o piso da área interna, sendo substituído por piso e rodapé cerâmico com soleiras em granito; todas as janelas e portas substituídas por portas em madeira e janelas de alumínio, ambas com grade de proteção; novo vaso sanitário, novo lavatório e nova pia de cozinha, dentre outras modificações.

Ou seja, não se trata de uma reforma simples, em que se coloca tinta sobre tinta, como faziam as gestões anteriores; trata-se de uma transformação nas escolas, de modo a edificar uma estrutura que se perpetuará no tempo e trará dignidade aos alunos e professores.

Veja também