Perdoem como o Senhor lhes perdoou

FONTE: Devocional Hélio e Deise Peixoto

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Muitas pessoas vivem anos a fio e até terminam suas vidas sem liberar ou pedir perdão ao seu próximo pelos mais diversos motivos, alegando, na maioria das vezes, estarem cobertas de razão e certas da sua posição de vítimas.

No entanto, devemos sempre lembrar que a base que Deus utiliza para nos perdoar é tão somente a Sua maravilhosa graça e o Seu amor incondicional. Isso quer dizer que não somos amados por Ele porque merecemos ou porque fizemos alguma coisa para que isto acontecesse.

Nunca receberemos perdão maior do que aquele que obtivemos de Deus. Se Deus, que é perfeito, nos perdoou de todos os nossos erros, por que, então, nos achamos no direito de ficar tão ofendidos com outras pessoas, nos achando melhor do que elas? Será que nós mesmos não magoamos e decepcionamos também alguém a ponto de prejudicar a sua vida?

O perdão não é opcional para o cristão; ele é obrigatório, pois é um mandamento. Se quisermos ter uma vida de verdade com Deus, ele precisa fazer parte do nosso estilo de vida. O perdão não depende de sentimentos; ele é, antes de tudo, uma decisão consciente de quem quer obedecer à Palavra.

Quando não perdoamos, estamos dando vantagem ao mal para agir em nossas vidas, além de deixar Deus impedido de nos abençoar, pois estaria indo contra a Sua natureza, que é puro amor.

De que lado você quer estar? Da amargura, do rancor, do ódio e da inimizade, ou da harmonia, da paz, da alegria e do amor? Pense nisso!

Veja também