Interior de SP: Motorista bêbado atropela 8 pessoas; 2 crianças morreram

FONTE: Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Ao todo, oito pessoas, entre elas cinco crianças e três adultos, foram atingidas por um carro na tarde desta quinta-feira (9)
Motorista invade ponto e ônibus e mata criança e bebê em Campo Limpo Paulista — Foto: Fábio Linhares / TV TEM

Um motorista invadiu um ponto de ônibus e atropelou oito pessoas, na tarde desta quinta-feira (9), na área rural de Campo Limpo Paulista (SP). Um bebê de 11 meses e uma criança de 8 anos não resistiram aos ferimentos e morreram após serem socorridos.

De acordo com o delegado Rafael Diorio, as vítimas, entre elas cinco crianças, foram atingidas pelo carro em um local que costuma ser usado como ponto de ônibus na Estrada da Bragantina, no bairro Estância São Paulo. Todos foram socorridos, mas o bebê e um menino de 8 anos morreram.

Em nota, a prefeitura informou que, de acordo com informações do Hospital de Clínicas, três vítimas ainda permaneciam hospitalizadas. Além disso, uma criança foi transferida em estado grave para um hospital de Jundiaí e outras duas crianças receberam atendimento médico e foram liberadas.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o motorista de 39 anos confessou que havia ingerido bebida alcoólica e estava com sinais de embriaguez. “Estava bastante alterado e com fala pastosa. Além disso, havia cheiro de álcool”, informou o delegado.

O condutor do carro ficou ferido e foi levado para um hospital. Ele foi autuado por homicídio doloso, conforme o delegado.

A prefeitura ainda informou que decretou luto oficial de três dias. O Executivo lamenta o ocorrido e diz que está prestando apoio médico, social e psicológico a todos os envolvidos.

Motorista invade ponto e ônibus e mata criança e bebê em Campo Limpo Paulista — Foto: Fábio Linhares / TV TEM

Veja também

O menino e a garçonete

Numa época em que um sorvete custava muito menos que hoje, um menino de dez anos entrou numa lanchonete e sentou-se à