Gente Que Fez História: Mário Lago morreu há 16 anos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Autor de sambas, ele compôs o clássico “Ai que Saudade de Amélia“, que gerou a expressão “Amélia“, usada para designar uma mulher sem vaidade, dedicada mais às coisas do lar.

Mario Lago foi um grande advogado, poeta, radialista, ator, compositor, ativista político e torcedor do Fluminense. Uma grande personalidade do Brasil que viveu a vida com muita dignidade e elegância e faz falta na música, na TV e no cinema.

Era filho de um maestro, Antonio Lago e neto de um anarquista. Formado em direito pela Universidade do Brasil, Mario Lago era comunista e foi preso sete vezes ao longo de sua vida, nos anos de 1932, 1941, 1946, 1949, 1952, 1964 e 1968.

Mario Lago morreu aos 90 anos em casa com enfisema pulmonar, no dia 30 de maio de 2002.

*Rádio Câmara

Veja também

Nota Oficial da Prefeitura de Jaguarari

A Prefeitura de Jaguarari, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, vem por meio desta, esclarecer que, diferentemente do que foi divulgado por