GENTE QUE FAZ HISTÓRIA: 11 de julho – aniversário da atriz Lúcia Veríssimo e do ex-goleiro Leão

Lúcia Veríssimo nasceu no Rio de Janeiro, no dia 11 de julho de 1958. Atriz, autora, diretora e empresária.

Soma mais de 20 trabalhos em televisão, incluindo novelas, especiais e seriados. Em 1982, engajou-se na formação do Partido Verde, ao lado de Fernando Gabeira. No mesmo ano, fundou a Canela Produções para gerenciar os projetos da carreira. Com a produtora, produziu espetáculos teatrais, CDs e programas de TV, entre eles Terra Brasil, filmado em película, em 1997, o qual foi premiado no New York Festivals.

É proprietária de uma Fazenda Independência, localizada Bananal, município do extremo leste do estado de São Paulo, onde cria mais de 20 cavalos das raças Mangalarga Marchador e Quarto de Milha, entre outros animais. A criação não tem fins comerciais e os animais são cuidados com homeopatia e alimentação orgânica. Outra linha de negócios da atriz é a marca personalizada de cachaça assinada por ela, a LV.

Em 2013, voltou a atuar na Rede Globo com a personagem Mariah, na novela Amor à Vida.

Emerson Leão nasceu em Ribeirão Preto-SP, em 11 de julho de 1949. É treinador e ex-goleiro.

Iniciou sua carreira de goleiro nas categorias de base do São José e depois foi para o Comercial, de Ribeirão Preto, onde tornou-se profissional. No ano de 1968 Leão transferiu-se para o Palmeiras. Assumiu a posição nas redes pouco depois de chegar, devido a contusão do goleiro titular Chicão. Sagrou-se duas vezes vencedor do Campeonato Brasileiro em 1972 e 1973.

Jogou 105 vezes pela Seleção Brasileira. Foi reserva de Félix na Copa do Mundo de 1970 aos 21 anos de idade. Após aquele Mundial, Leão tornou-se titular absoluto da Seleção de 1971 a 1979. Disputou as Copas do Mundo de 1974, 1978 — permaneceu 457 minutos sem levar gol — e 1986, na qual foi reserva de Carlos.

Como treinador
Começou sua carreira de treinador em 1987, tendo assumido o Sport nas finais do Campeonato Pernambucano e participado da campanha do título da Copa União (considerada pela CBF uma edição do Campeonato Brasileiro) conquistado pelo Sport.

Em 1997 dirigiu o Atlético Mineiro, sagrando-se campeão da Copa Centenário de Belo Horizonte e da extinta Copa Conmebol em jogo conturbado contra o Lanús, na Argentina. Em 1998 voltou a conquistar a Copa Conmebol, desta vez pelo Santos.

Seu auge como treinador até hoje foi a segunda passagem pelo Santos, clube ao qual voltou após rápida e conturbada passagem pela Seleção Brasileira. Levou o time ao título brasileiro de 2002. Ainda foi vice-campeão brasileiro e vice-campeão da Copa Libertadores em 2003. Saiu em 2004 e foi para o Cruzeiro.

*Wikipédia