Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim completa 30 anos nesta segunda-feira (22)

FONTE: ASCOM/SISMUSB

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Fundado em 22 de fevereiro de 1991, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim (SISMUSB) completa nesta segunda-feira (22), 30 anos de existência. Marcada por muitas lutas em defesa da classe trabalhadora, a trajetória do SISMUSB consolidou a entidade como referência no movimento sindical, sendo reconhecida no âmbito municipal e regional pelos relevantes serviços prestados à sociedade.

Nessas décadas foram muitas as greves, reuniões, audiências, ofícios, ações judiciais, acordos e mobilizações, mas a trajetória do SISMUSB também é marcada por muita união, momentos de alegria e descontração, como nos campeonatos e festas promovidas pela entidade. Além disso, durante esses anos a entidade sindical buscou cumprir seu papel social, ofertando além do atendimento jurídico, atendimento médico, cursos de capacitação, programa de rádio e outros serviços.

Dentre as diversas conquistas nesses 30 anos de história, destaca-se o pagamento do 13º salário integral, enquadramento, adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, adicional noturno, horas extras, plano de carreira, férias com manutenção de todas as gratificações, criação da guarda municipal. Além das conquistas coletivas, os servidores filiados tiveram defendidos também seus direitos individuais, obtendo êxito em centenas de ações judiciais.

Para o Coordenador Geral do SISMUSB, Raimundo Nonato, “ter uma entidade sindical sólida, forte e respeitada deve representar motivo de muito orgulho para os servidores filiados, pois é reflexo do trabalho sério e coerente que a categoria tem desenvolvido juntamente com a diretoria. Que possamos nos unir mais, que mais servidores se filiem, pois o sindicato é a casa do servidor, e as lutas só serão fortalecidas com a contribuição de todos”.

Veja também

Tudo vai passar

Todas as coisas, na Terra, passam. Os dias de dificuldades, passarão. Passarão também os dias de amargura e solidão. As dores e