Senado terá memorial em homenagem às vítimas da covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
Será construído um monumento no espelho d’água do Congresso Nacional, em Brasília. Serão instaladas 27 pedras, representando cada uma das unidades da Federação

Por Pedro Pincer / Rádio Senado

Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

O projeto de resolução do senador Renan Calheiros, do MDB de Alagoas, prevê a construção de um memorial em homenagem às vítimas do novo coronavírus no Brasil. A medida determina a construção de um monumento no espelho d’água do Congresso Nacional, em Brasília. Serão instaladas 27 pedras, representando as unidades da Federação.

O anúncio da construção do memorial ocorre enquanto o Brasil se aproxima dos 600 mil mortos desde o início da pandemia de covid-19. Relator da proposta e presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz, do PSD do Amazonas, disse que as vítimas merecem todo tipo de homenagem e que a responsabilidade do governo federal não pode ser ignorada.

“Algo que nós senadores, o Congresso Nacional e nem o Brasil pode se esquecer o que se passou no nosso país. É algo interessante, não só pela homenagem que iremos fazer, mas principalmente para que a história registre o que aconteceu no Brasil nas épocas em que vivemos, o que poderia ter sido evitado caso o poder público tivesse simplesmente agido em consonância com as recomendações científicas”, disse Aziz.

Senadores como Fabiano Contarato, da Rede Sustentabilidade do Espírito Santo, Veneziano Vital do Rêgo, do MDB da Paraíba e Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, elogiaram a iniciativa. A proposta segue para promulgação.

Veja também