Secretário de Saúde de Jaguarari fala sobre reestruturação da saúde promovida pelo prefeito Everton Rocha

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Durante entrevista concedida à rádio da cidade nesta quinta-feira (19), o Secretário de Saúde, Rodrigo Cruz, acompanhado da Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Juliana Veras, falou sobre as inúmeras ações realizadas pelo prefeito Everton Rocha que resultaram na reestruturação da saúde no município, e faz um breve balanço das principais ações realizadas durante a pandemia.

Segundo Rodrigo Cruz, desde o inicio da pandemia a gestão municipal mostrou grande agilidade na execução das inúmeras ações de prevenção e combate à Covid-19 por todo o município, realizando investimentos como aquisição de respiradores pulmonares, implantação de barreiras sanitárias nas principais entradas da cidade e localidades, realização de testes rápidos por todo município, monitoramento de casos positivos, parentes e pessoas próximas, distribuição de máscaras, construção do Centro de Acolhimento Covid-19, sanitização de ruas e áreas públicas e toque de recolher quando foi necessário. Todas essas ações resultaram no controle no número de infectados.

No período pós-eleição houve um aumento no número de casos da Covid-19 no município, mas já esperado por toda equipe de saúde, como explicou o secretário. “Nesta semana tivemos um aumento considerável, mas já era esperado devido às aglomerações e a redução por parte da população na adoção das medidas preventivas, como uso de máscara, uso do álcool em gel etc., durante o período eleitoral. Esse aumento se deu em todos os municípios, mas aqui conseguimos manter o controle, tanto que temos apenas 29 casos ativos”, destacou.

Ainda segundo Rodrigo, se não fosse à construção do Centro de Acolhimento da Covid-19 e estrutura disponível, a situação poderia ser pior. “No centro as pessoas podem fazer dois tipos de testes para a detecção da doença, caso se confirme recebem os devidos cuidados e em casos mais graves são estabilizados e transferidos para centros com maior estrutura como UTI”, pontuou.

O secretário criticou as falsas informações propagadas em grupos de WhatsApp e redes sociais de que os serviços de saúde estariam parados. Segundo ele, todos os serviços de saúde serão continuados até o dia 31 de dezembro. “Os PSF’s, departamentos da secretaria de saúde, TFD, funcionarão ate o último dia de gestão. As cirurgias continuarão acontecendo com a mesma intensidade, assim como todas as especialidades médicas e realização dos exames laboratoriais até o dia 31 de dezembro”, confirmou.

O secretário disse ainda que deixará a pasta da saúde no final do mandato muito feliz por ter feito parte da reestruturação da saúde municipal promovida pelo prefeito Everton Rocha. “Gostaria de agradecer ao prefeito Everton Rocha pela confiança e a toda minha equipe de trabalho. Fiz parte de uma gestão que se preocupou em oferecer estrutura e serviços de saúde de qualidade a população. Foram entregues a população novas unidades de saúde, novas ambulâncias, o Hospital Municipal foi reformado, equipado e passou a contar com um moderno centro cirúrgico e a oferecer novas especialidades médicas, base do SAMU no distrito de Pilar, Sala de Estabilização funcionando 24H, regulação de pacientes diretamente de Pilar, realização de Exames de Eletrocardiograma, Raios-x e laboratoriais no distrito de Pilar e localidades ”, destacou.

Veja também