Secretaria da Educação promove encontro formativo para a realização da Jornada Pedagógica

Secom-BA

Foto: Josenildo Almeida

Técnicos e dirigentes da Secretaria da Educação do Estado reuniram-se, nesta quarta-feira (22), no auditório da instituição, em Salvador, para discutir os últimos preparativos para a Jornada Pedagógica 2020, que será realizada de 3 a 7 de fevereiro, em todas as escolas da rede estadual de ensino, sob o tema ‘Ano Anísio Teixeira: pela união entre a educação e a vida’. O encontro formativo teve o objetivo de planejar, à luz dos diagnósticos de 2019 e dos resultados alcançados, uma proposta coletiva e colaborativa da Jornada Pedagógica, tendo como referência os princípios anisianos.

Os eixos e temas a serem trabalhados são: Currículo, com abordagens sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC); Documento Curricular Referencial da Bahia (DCRB); Novo Ensino Médio e Formação Humana Integral; Formação, com discussões sobre Projetos Formativos e Metodologias Ativas; Acompanhamento, que trata da Gestão Democrática; e Gestão da Aprendizagem e Juventudes na Escola; além da Avaliação, com discussões sobre o Sistema de Avaliação Baiano de Educação (Sabe), diretrizes da Secretaria da Educação do Estado e desempenho acadêmico.

A atividade teve a presença do secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, que ressaltou a expectativa da rede estadual para a Jornada Pedagógica. “Iniciaremos, no dia 3, a Jornada Pedagógica e a equipe já vem trabalhando neste desenho para que, em 2020, a gente possa ter o suporte necessário para toda a rede estadual no que diz respeito a praticar aquilo que entendemos como sendo o nosso plano executivo da aprendizagem na Bahia. Iremos organizar a funcionalidade e a prática do Sabe, organizar nossos projetos culturais e envolver a nossa relação em regime de colaboração com os municípios, pois este também é um momento de formação para que a equipe saia daqui pronta para poder assessorar toda a rede na Bahia”.

A superintendente de Políticas para a Educação Básica da secretaria, Manuelita Falcão Brito, destacou a finalidade da jornada. “É uma ação muito estratégica e importante para a Educação da Bahia, pois é um momento em que a escola se reúne antecipadamente para se planejar, debater e fazer uma análise crítica do que deu certo no ano anterior, mas, sobretudo, olhar para frente e tentar fazer sempre o melhor. Esse ano, a gente trouxe algumas sugestões de inovação, que é a ideia de trabalharmos em cima dos quatro eixos pedagógicos com o apoio do que a gente chama de caixas de ferramentas, que são materiais de apoios disponibilizados pela secretaria e que permitem ajudar as escolas no debate produtivo, em um processo de construção coletiva que persiga o que é mais importante, que é o direito de aprender de cada estudante”, afirmou.