Quem planeja o bem não colherá o mal

FONTE: Devocional Hélio e Deise Peixoto

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram
“Acaso, não erram os que maquinam o mal? Mas amor e fidelidade haverá para os que planejam o bem”. PROVÉRBIOS 14:22
Pinterest

A nossa vida é, sem dúvida, o resultado daquilo que um dia plantamos. Na agricultura, é assim; no campo espiritual, não é diferente.

É impossível alguém maquinar o mal e colher o bem. Isso jamais acontecerá. A mesma lógica podemos usar para o oposto: alguém que planeja o bem nunca colherá o mal.

Mas, veja que interessante: esta passagem não está falando exatamente sobre fazer algo; basta apenas pensar, maquinar, planejar.

O que isso quer dizer? Que aquilo que “cozinhamos” na nossa mente é extremamente importante e poderoso. Por isso, precisamos dar total atenção aos pensamentos! A nossa mente é um grande campo de batalhas! É dela que procedem os sentimentos, que nos levarão a tomar atitudes corretas ou erradas.

Todos nós estamos sujeitos a ter ideias totalmente fora do que a Bíblia nos orienta, mas Deus nos deu a responsabilidade de decidir se vamos ocupar os nossos pensamentos com coisas verdadeiras, respeitáveis, justas, puras, amáveis e de boa fama (Filipenses 4:8), ou se daremos espaço para tudo que é contrário a estas características definidas por Ele.

Então, o que fazer quando vierem os pensamentos maus, que nos levam a desejar algo ruim para alguém ou até a maquinar algo contra outra pessoa? Devemos identificá-los e não aceitá-los em o nome de Jesus. Temos esta capacidade, graças a Deus!

Se você quer colher amor e fidelidade, como diz este verso de Provérbios, não caia na armadilha de pensar de forma automática, pois será empurrado pelas trevas a alimentar o pior no seu interior. Decida planejar o bem, alimentando pensamentos bons!

Veja também