Mulher com medida protetiva é baleada pelo ex-marido na frente dos filhos

Conforme polícia, vítima saía de casa quando foi abordada pelo homem. Ela tentou fugir dele, quando foi baleada

Por G1 BA

Uma mulher com medida protetiva foi agredida e baleada pelo ex-marido, na frente dos filhos, em Paulo Afonso, norte da Bahia. O caso ocorreu na terça-feira (11). Após o crime, o homem, que era bombeiro militar, cometeu suicídio, segundo informações da polícia.

Conforme Mirela Ventura, coordenadora da Polícia Civil em Paulo Afonso, o homem tinha sido preso em maio de 2018 por agredir fisicamente a ex-mulher. Na época, a vítima recebeu da justiça uma medida protetiva de urgência, o que impedia a aproximação do homem.

Na terça-feira, a mulher saía de casa, na Rua do Bom Conselho, região central da cidade, quando o homem, que não teve a identidade revelada, pegou ela a força e a levou para dentro do imóvel. Segundo a coordenadora, já dentro da casa, ele ordenou que as duas crianças, uma delas filha dele, saíssem do local. No entanto, cometeu o crime ainda na presença das crianças.

“Na terça, ele esperou ela sair de casa. Ele abordou ela e conseguiu jogar dentro de casa. Ele começou a agredir a mulher fisicamente e então ordenou que as crianças saíssem. Nesse momento, a mulher tentou fugir da casa, quando ele disparou contra ela”, disse Ventura.

A vítima foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital Nair Alves de Souza. Não há informações sobre o estado de saúde dela.

Após o caso, populares acionaram a Polícia Militar que foi até o local e cercou o imóvel. Ao perceber a chegada dos policiais, o homem se matou.

De acordo com a polícia, o suspeito morava em Barreiras, na região oeste, desde que separou da mulher, no ano passado, e foi até o local no dia do crime sem a avisar a vítima.