Mestre Minininho: Uma vida dedicada à nobre arte da música

FONTE: Minha Cidade - Senhor do Bonfim

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Mesmo com uma deficiência auditiva desde a juventude, a música sempre esteve presente na vida de Ednaldo Matos de Araújo, ou simplesmente Mestre Minininho.

Natural de Itiúba, ainda jovem foi morar em Queimadas, onde trabalhou como alfaiate e vendedor de carne e farinha na feira livre, mas sempre cultivando sua paixão pelos instrumentos.

Em 1971 veio para Senhor do Bonfim, juntamente com sua esposa e os nove filhos. No ano seguinte, assumiu a regência da Filarmônica do Círculo Operário, permanecendo até o término da banda.

Entre 1978 e 2003 foi regente da Filarmônica União dos Ferroviários Bonfinenses (FUFB). No ano de sua despedida, passou a dar nome à sala de música da FUFB, uma justa homenagem àquele que dedicou uma vida à nobre arte da música.

Foto: Acervo Família Matos

Fonte: Igor Matos

Veja também