Hospitais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste terão novas tecnologias para registro civil de recém nascidos

FONTE: Brasil 61

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Governo pretende reduzir número de recém-nascidos que não são registrados

Agência Brasil

Hospitais das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste vão receber kits com equipamentos para interligar as maternidades aos cartórios de registro civil de nascimento. O objetivo do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) é reduzir o número de recém-nascidos que não são registrados. 

Ao todo, 155 hospitais públicos vão ganhar um microcomputador e uma impressora para fazer os registros civis de nascimento. A seleção das unidades vai considerar a quantidade de partos realizados pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O edital exige, ao menos, 250. 

Já há uma lista de hospitais elegíveis. No entanto, os interessados em concorrer devem enviar suas propostas até 30 de outubro, preenchendo um formulário online. O resultado das unidades selecionadas vai ser divulgado no site do MMFDH até de 30 de novembro.

Veja também

seashore under white and blue sky during sunset

Beleza

Aspiração humana, a beleza física atinge em cheio nosso senso estético. Enche os olhos com suas cores e formas. Atrai, desperta desejos.