GENTE QUE FAZ HISTÓRIA: Hoje é aniversário de Paulo Silvino e Bemvindo Sequeira

Paulo Ricardo Campos Silvino, (Rio de Janeiro, 27 de julho de 1939). Humorista, compositor e ator.

Paulo Silvino não tardou a despontar para a carreira artística. Com 20 anos, ao lado de nomes como Altamiro Carrilho, Durval Ferreira e Eumir Deodato, lançou o LP Nova Geração em Ritmo de Samba, compondo e interpretando com sua voz a maioria das canções, ainda sob o nome de Silvino Júnior.

Durante as décadas de 1960 e 1970, ampliou sua produção musical e teatral, escrevendo e atuando em peças e filmes. Passou pelas extintas TV Tupi, TV Continental, TV Rio e TV Excelsior.

Estreou na TV Globo em 1967, em TV Ó – Canal Zero e ganhou dois prêmios como o melhor comediante de televisão do ano. Desde então, apresentou e foi destaque em diversos programas de humor da TV Globo: Faça Humor, Não Faça Guerra, Satiricom, Planeta dos Homens, Balança Mas Não Cai, Viva o Gordo e Brasil Pandeiro. Em 1988, comandou inúmeras vezes o Cassino do Chacrinha, substituindo o Velho Guerreiro.

Esteve no SBT de 1989 a 1992, onde atuou em A Praça É Nossa e na Escolinha do Golias, com Ronald Golias. Participou da Escolinha do Professor Raymundo (1993 – 1995), na Globo, e da Escolinha do Barulho (1999), na TV Record.

Bemvindo Pereira de Sequeira (Carangola-MG, 27 de julho de 1947). Ator, humorista, autor e diretor de teatro, cinema e televisão.

Atuou em mais de quarenta peças teatrais e na televisão ficou famoso por suas interpretações como “Bafo de Bode” na novela Tieta, e como “Zebedeu” na novela Mandacaru. Também é lembrado o “Seu Brasilino”, papel que fez na Escolinha do Professor Raimundo.

Dirigente de Entidades Profissionais na área dos trabalhadores e de autores, ao lado de Lélia Abramo, Vanda Lacerda, e Otávio Augusto, participou da elaboração da Lei 6.533 que regulamentou a profissão de Artista e Técnico no Brasil.

Desde 2006, o ator é contratado da Rede Record. Seu trabalho mais recente foi como Novais na novela Máscaras.

*Wikipédia