ESPORTES: Com VAR, Bahia arranca empate com Bahia de Feira no primeiro jogo da final do Baiano

Assista aos melhores momentos

Terminou tudo igual no primeiro jogo da final do Campeonato Baiano, neste domingo (14), no Joia da Princesa. O Bahia de Feira saiu na frente com Bruninho, mas o Bahia arrancou o empate em 1 a 1 no segundo tempo, com gol marcado por Rogério. O árbitro de vídeo ainda anulou o segundo tento do Tremendão ao apontar impedimento na jogada. O título baiano será definido no próximo domingo (21), às 16h, na Arena Fonte Nova.

O confronto está em aberto e quem vencer levanta o caneco. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis. O Bahia briga pelo bicampeonato baiano consecutivo, o que seria o seu 48° na história. Enquanto o Bahia de Feira luta para repetir o feito de 2011 quando levantou o caneco pela primeira vez. 

Porém, antes de decidir o título estadual com o Bahia de Feira, o Esquadrão de Aço volta ao gramado para encarar o Londrina, na quinta-feira (18), às 20h, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida do confronto da quarta fase da Copa do Brasil.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O JOGO

Antes do segundo minuto da partida, o VAR foi acionado para rever o desarme de Vitor em Arthur Caíke dentro da grande área do Bahia de Feira. No entanto, após checagem das imagens, a arbitragem marcou tiro de meta para o goleiro Jair.

O Bahia carimbou a trave do Bahia de Feira aos oito minutos. Em cobrança de falta, Ramires passou da bola e Artur fez o levantamento para a área. Livre de marcação, Fernandão cabeceou e ela explodiu no poste esquerdo. Sem reação, Jair apenas ficou olhando o lance. Dois minutos depois, Nino descolou bom lançamento para Fernandão já dentro da área. A marcação não conseguiu cortar e a bola caiu nos pés do centroavante tricolor, mas ele não conseguiu matar a redonda e ela escapuliu pela linha de fundo.

A resposta do Bahia de Feira foi dada também com uma bola na trave. Aos 11, em cruzamento vindo pela esquerda, Deon cabeceou e ela explodiu na trave direita de Anderson, que chegou a pular, mas não achou nada. Em seguida, aos 13, Capone cobrou uma falta frontal no estilo Ronaldinho, por baixo da barreira, mas Anderson fez a defesa encaixando a bola.

Tremendão abre o placar

O jogo seguia bem disputado, mas aos 26 minutos, o Bahia de Feira abriu o placar do Joia da Princesa. Bruninho recebeu na intermediária, deixou o marcador para trás e bateu rasteiro, na entrada da área. A bola foi no canto esquerdo de Anderson, que se esticou, mas não conseguiu evitar o gol. Bahia de Feira 1 x 0 Bahia.

Aos 39 minutos, Fernandão deu susto em Jair. O centroavante ganhou a jogada na força e saiu na frente do gol. Ele soltou uma bomba com a perna direita, mas a bola foi para fora. Depois, o mesmo camisa 20 teve mais outra chance. Ele recebeu bom cruzamento de Nino, matou no peito e bateu para o gol. A bola passou raspando a trave esquerda de Jair.

O Bahia insistiu mais uma vez aos 44. Artur fez boa jogada individual pelo meio, tocou para Douglas Augusto que arriscou de primeira. Mas a bola passou por cima da meta de Jair. O Bahia de Feira respondeu com Deon em chute bastante parecido. O camisa 9 do Tremendão recebeu pela esquerda, passou por Ernando e finalizou de fora da área, mas ela foi para fora.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Segundo tempo

Logo aos três minutos, o Bahia quase chegou ao empate. Artur cobrou a falta e Arthur Caíke escorou de cabeça para Elton. O volante dominou no peito e, desequilibrado, finalizou forte para o gol. Bem posicionado, Jair fez uma bela defesa evitando o gol do adversário.

Jarbas amplia e VAR anula

A resposta do Bahia de Feira veio logo em seguida, aos cinco minutos. Alex Cazumba cruzou na área, Lucas Fonseca e Ernando falharam e Jarbas aparece livre para empurrar para o gol e balançar as redes. Mas após consulta ao árbitro de vídeo, foi detectado impedimento na jogada e o árbitro Ricardo Marques Ribeiro anulou o gol do Tremendão.

O Bahia de Feira ainda teve duas chances para marcar aos 30 e 32 minutos, ambas com Ebinho. Na primeira, ele se infiltrou na zaga adversário, saiu cara a cara com Anderson e finalizou rasteiro. A bola já estava entrando, mas Ernando cortou quase em cima da linha. Na segunda, ele recebeu passe por elevação, mas chutou fraco e Anderson fez a defesa.

O Bahia respondeu com uma blitz. Artur rolou a bola para Elton que chutou em cima da zaga, Na sobra, Rogério dominou e tocou para Douglas Augusto que bateu colocado e Jair fez ótima defesa.

VAR corrige mais uma vez

Aos 39 minutos, o árbitro mostrou o cartão amarelo para Ebinho por uma falta fora do lance. No entanto, alertado pelo árbitro de vídeo, ele paralisou a partida. Após análise das imagens pelo VAR, o juiz voltou a atrás, anulou a advertência para Ebinho e mostrou o segundo amarelo para Gabriel Bispo, que foi expulso. Bispo tinha cometido uma falta no lance anterior em cima de Douglas.

Bahia empata

Elton recebe passe pelo meio e de primeira abre jogada em Moisés, que faz um lindo cruzamento na área. Rogério, na segunda trave, pega bonito na bola e chuta cruzado para o fundo das redes aos 52 minutos. Bahia de Feira 1 x 1 Bahia.

FICHA TÉCNICA 
Bahia de Feira 1 x 1 Bahia
Campeonato Baiano – Final (1º jogo)

Local: Joia da Princesa, em Feira de Santana
Data: 14/04/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro:  Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Alessandro Rocha Matos e Jucimar dos Santos Dias (ambos da BA)

Cartões amarelos: Vitor, Gabriel Bispo, duas vezes (Bahia de Feira) / Douglas Augusto (Bahia)

Cartão vermelho: Gabriel Bispo (Bahia de Feira)

Gols: Deon (Bahia de Feira) / Rogério (Bahia)

Bahia de Feira: Jair; Van, Paulo Paraiba, Vitor e Cazumba; Capone, Bispo, Jarbas (Ebinho); Vitinho (Menezes), Deon e Bruninho (Edimar). Técnico: Quintino Barbosa.

Bahia: Anderson; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Elton e Douglas Augusto; Artur, Ramires (Shaylon) e Arthur Caíke (Gilberto); Fernandão (Rogério). Técnico: Roger Machado.

Bahia Notícias