ESPORTES: Brasil fecha as eliminatórias com vitória por 3 a 0 e elimina o Chile

Seleção aproveita o desespero do adversário no segundo tempo e resolve o jogo no talento individual de seus jogadores. Confronto em São Paulo marca recorde de arrecadação do futebol brasileiro: mais de R$ 15 milhões

Foto: Agência Reuters

A rodada era decisiva apenas para os outros. Mas o Brasil mostrou mais uma vez porque é a melhor seleção da América do Sul no momento. Na arena do Palmeiras, a equipe de Tite controlou o jogo e contou com a qualidade individual de seus jogadores no segundo tempo para vencer e tirar o Chile da Copa do Mundo. Com o triunfo por 3 a 0, gols de Paulinho e Gabriel Jesus (2x), o treinador encerrou a competição invicto com dez vitórias e dois empates. Apenas o desempenho sob o seu comando, com seis jogos a menos, já seria suficiente para colocar o Brasil no primeiro lugar.

RECORDE DE ARRECADAÇÃO
A despedida da Seleção nas eliminatórias levou 41.008 pagantes à arena do Palmeiras. E, além de garantir recorde de público do estádio, quebrou também o recorde de arrecadação do futebol brasileiro: R$ 15.118.391,02. O anterior era a final da Libertadores de 2013, entre Atlético-MG e Olímpia, no Mineirão.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS
Serão mais quatro jogos antes da convocação para a Copa do Mundo: dois em 2017, dois em 2018. Em novembro, a Seleção vai enfrentar o Japão, dia 10, em Lille, e a Inglaterra, dia 14, em Wembley. Em março, os rivais serão a Alemanha, em Berlim, e a Rússia, em Moscou. Este último adversário ainda não está confirmado.

Foto: Marcos Ribolli (GloboEsporte.com)

*Globoesporte.com