Erros que podem custar caro na hora de vender um imóvel em Salvador

FONTE: BLOG DO ELOILTON CAJUHY

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Na hora de colocar um apartamento à venda em Salvador, os cuidados para não perder dinheiro começam na avaliação do imóvel, passam pelo preço e terminam apenas depois de se concretizar o negócio de papel assinado. Isso, se você evitar os erros que vai ler a seguir, eliminando preocupações com irregularidades no imóvel, percebidas somente após o novo proprietário se mudar.

Para impedir que você perca dinheiro com a venda do imóvel, elaboramos um artigo com informações valiosas sobre este assunto. Aproveite!

Não conhecer direito seu próprio imóvel

Parece impossível alguém não conhecer a sua própria casa, não é mesmo? Contudo, antes de definir um preço e colocar o imóvel à venda, é necessária uma vistoria precisa. Coloque-se no lugar do comprador, elencando quais fatores fariam a diferença e o que deve ser melhorado.

Falando em melhoras, não fazer os reparos necessários, como uma boa pintura, pode desmotivar os compradores ou reduzir consideravelmente o valor do imóvel. É melhor investir em pequenas reformas, que valorizarão o imóvel, do que perder uma venda.

Falar apenas das qualidades, omitindo as falhas

Calma, não estamos falando para você ficar descrevendo os problemas do imóvel. Sempre que desejamos vender algo, obviamente, tratamos mais de suas qualidades. Porém, em se tratando de imóvel, omitir alguma informação pode gerar problemas no futuro.

No caso de o comprador reparar em alguma falha, ele pode simplesmente desistir do negócio. Ainda, ao descobrir uma infiltração no banheiro, que venha a evoluir com o passar do tempo, causando-lhe prejuízos, poderá buscar seus direitos na justiça contra você, uma vez que o Código Civil determina que os negócios sejam regidos pela boa-fé e probidade.

Demonstrar pouca disposição durante a visita ao imóvel

Sua vontade é a de vender o imóvel, certo? Então, mesmo que você não esteja muito disposto no dia da visita, evite ao máximo que isso seja percebido pelo comprador, pois ele está empolgado em visitar o que pode vir a ser o seu lar. E, obviamente, tirou um tempo do seu dia para isso.
Portanto, mostre todo o imóvel, fale de suas potencialidades e responda tudo o que o comprador perguntar. Em uma situação que você não tenha a resposta no momento, diga que vai se informar. Responda o mais breve possível.

Deixar escapar um bom comprador

Do mesmo modo que uma venda por impulso costuma ser prejudicial, deixar um bom comprador fechar negócio com outra pessoa, é um erro.

Com as ofertas de imóveis em Salvador no mercado, as pessoas pesquisam muito antes de comprar. A sua casa pode ser a primeira, como a segunda, a terceira ou sabe-se lá qual a ordem das visitas. A certeza fica por conta de que haverá mais visitas. Sendo assim, preste atenção em uma boa oferta que lhe fizerem. Analise com cuidado, mas não espera demais, a ponto de fazer a pessoa do outro lado desistir.

Definir o preço pelo “achismo”

Esse é um erro clássico: o preço! Supervalorizar o imóvel, anunciando a intenção de venda por um valor bem acima do que ele vale, vai espantar os compradores. Além disso, um imóvel que fica muito tempo à venda, gera mais custos com manutenção e anúncios.

Não é raro, encontrarmos imóveis que foram anunciados por um alto preço, tendo que ser vendido meses depois por um valor abaixo do que se consideraria justo. Sem contar que, um corretor de imóveis dará preferência às opções mais simples de se vender. Lembre-se de que o valor sentimental do imóvel, infelizmente, não soma para o preço final.

Não se importar com a burocracia

A documentação está em dia? Imagine a seguinte cena: você seguiu todos os passos direitinho, negociou a venda do apartamento por um valor justo e, na hora de fechar o negócio, descobre que há problemas com a documentação. Uma ducha de água fria para todos os envolvidos, concorda?

Verifique se o IPTU e outras taxas municipais estão em dia, as parcelas do condomínio pagas e se há alguma outra pendência jurídica. Providencie tudo antes de concretizar a venda. Evite multas ou processos, além de ficar atento ao contrato, o qual deve conter todas as informações necessárias a um bom negócio. Na dúvida, busque informações com um advogado ou o corretor de imóveis de sua confiança.

Escolher um corretor de imóveis sem pesquisar sobre ele

Como em todas as áreas, existem os profissionais com credibilidade no mercado e outros nem tão bem-vistos. Portanto, antes de anunciar em alguma imobiliária ou fechar com o corretor, busque referências sobre o trabalho deles.

Os erros na hora de vender um imóvel podem ser evitados, basta você seguir o que acabou de ler. São informações fundamentais para que você finalize o negócio com saldo positivo.

Agora que você já sabe os erros mais comuns na hora de vender um imóvel, compartilhe com os seus contatos que também precisam saber disso.

Veja também

Senhor do Bonfim: Lei Orgânica faz 30 anos

A Lei Orgânica Municipal é o conjunto de normas que disciplina as regras de funcionamento da administração pública e dos poderes municipais.