Devoção e fé nos 271 anos da festa do padroeiro de Senhor do Bonfim

FONTE: Minha Cidade - Senhor do Bonfim/Adolpho Silva & Tenente Cordeiro

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on telegram

Nossa devoção ao Senhor do Bonfim teve início em 1750, quando tropeiros e habitantes da velha rancharia batizaram o povoado como Arraial de Senhor do Bonfim da Tapera.

No mesmo ano, Custódio Alves dos Reis deu início a construção da Igreja Matriz, concluída cinco anos depois pelo Padre Anacleto Soares da Veiga.

Em 1774, o templo recebeu a imagem do Cristo Crucificado, escultura que era uma reprodução da que adornava a igreja de Salvador e fora ofertada por Gabriel Gonçalves da Silva.

Nos tempos da Vila Nova da Rainha as festas em homenagem ao padroeiro eram imponentes solenidades, acompanhadas por arautos, bandos de mascarados e com grande participação popular; já com a elevação à cidade, as celebrações se tornaram mais litúrgicas, dando maior ênfase às novenas.

Nos últimos anos, a Diocese de Bonfim tem resgatado as comemorações ao Senhor do Bonfim, que há 271 anos abençoa a nossa terra.

Veja também